Imigração - Recebendo a visita da família

Semana passada eu tive uma visita mais que especial: meus pais vieram me visitar em Londres! E como se isso já não fosse motivo suficiente para comemorar, eles ainda vieram acompanhados da minha irmã mais velha (ou como ela prefere dizer, a irmã que nasceu primeiro!). Pena que o restante da gangue (minhas duas outras irmãs) não puderam vir. Mas já valeu receber metade da turma!!
Mas o que motivo trouxe meu povo para cá? A minha graduação no mestrado! Mas, vou deixar pra falar da formatura no próximo post. Desta vez quero falar sobre o processo de entrada de brasileiros no Reino Unido. Lembro bem que quando estava me preparando para vir pra cá pela primeira vez, vivia lendo depoimentos de pessoas que já tinham vindo antes, só para saber como é na imigração e se todas aquelas histórias dramáticas de deportações eram mesmo verdade. Bate uma insegurança enorme em quem está vindo! E por isso, resolvi contar como foi com meus pais. De repente ajuda a dar uma tranquilizada em que está fazendo as malas agora.
05Family1
Bom, no site do UK Border Agency (a instituição responsável pelos vistos para cá) existe um guia completo de toda a documentação necessária para quem quer pedir visto para o Reino Unido. Como todos já devem saber (ou não), brasileiros não precisam solicitar visto antecipadamente para vir para a terra da rainha, pois o nosso visto é emitido no aeroporto mesmo. Porém, isso não significa que aqui é a casa da mãe Joana e a gente pode ir entrando na boa! Existe uma lista básica de documentos que devem ser apresentados na chegada ao país e você deve vir preparado para responder a umas perguntinhas sobre suas intenções do lado de cá da fronteira. Basicamente, o que eles querem saber é: 
  • informações sobre você
  • informações sobre sua situação financeira (ou seja, se você tem grana para se manter durante sua visita e não vai, por exemplo, precisar trabalhar por aqui)
  • informações sobre seu emprego (por exemplo, uma carta em papel timbrado atestando que você está de férias)
  • detalhes de sua acomodação
  • detalhes de sua viagem (passagem mostrando que você irá sair do Reino Unido, seja para seguir viagem ou para retornar para o Brasil)
  • informações sobre sua visita (do tipo carta-convite de algum amigo ou roteiro de alguma agência)

Essa lista de informações solicitadas foi extraída do próprio site da UK Border Agency, mas trocando em miúdos, o que eles querem mesmo é que você consiga convence-los de que você irá sair do Reino Unido ao final de sua visita (mostrar a passagem de volta/saída é crucial!) e querem saber onde você irá se hospedar e se tem grana pra se bancar, claro. As demais informações são, NA MINHA HUMILDE OPINIÃO, adicionais que podem ajudar muito a ter uma entrevista tranquila, mas que não são determinantes para entrar ou não. Por exemplo, dentre os documentos que meus pais trouxeram estava uma cópia da carta da Kingston University, comprovando que minha formatura seria no dia tal e hora tal e isso foi o suficiente para o povo da imigração. Ou seja, só aquele documento já continha as informações sobre o motivo da visita deles. Também tinha incluído uma carta-convite minha, na qual eu explicava que eles estariam me visitando por conta da formatura etc., mas minha  irmã disse que eles sequer leram a carta.

Em resumo, foi fácil e tranquilo! Mas, acredito que a tranquilidade veio da certeza de que eles tinham todos os documentos necessários para comprovar a situação deles, né? Acho que basta seguir a risca as orientações do UK Border Agency e manter a calma, e eu sinceramente espero que a experiência da minha família ajude outras pessoas a passarem na imigração com tranquilidade.De acordo com minha irmã, foi tudo muito simples. Ela falou para o oficial de imigração que ela estava acompanhando meus pais (que não falam inglês) e eles foram juntos ao balcão. Entregues os passaportes e os formulários de imigração (esse cartão azul e branco ali do lado que todos turistas tem que preencher), a primeira pergunta foi o motivo da visita. Minha irmã explicou que era por conta da minha formatura e a oficial (simpática por sinal!) parabenizou minha irmã e pediu mais detalhes tipo, qual o curso e em que universidade. Minha irmã respondeu e em seguida entregou a cópia da carta da universidade. Daí a moça perguntou quanto tempo eles iriam ficar em Londres e minha irmã explicou, passando as passagens de volta para ela. Depois, ela perguntou onde eles iriam ficar e foi só falar que iriam ficar uma semana em um hotel e que minha irmã ficaria umas semaninhas depois comigo. Detalhe: ela nem checou as reservas do hotel (minha irmã deve ter uma cara muito confiável mesmo!rs). E foi só isso! Nada de checar dinheiro ou seguro de saúde. Mas aqui cabe uma dica, não é porque eles não pediram para meus pais que vocês não vão ter tudo na mão, né? Pra ter uma idéia, minha irmã tinha uma carta do trabalho dela comprovando que ela estava de férias e até extratos bancários, mas dessa vez nada foi necessário.

05Family2

05Family3

Leave a reply

Translate »