Demorou, mas chegou

Meu visto chegou!!
Depois de dois meses de espera, eis que ontem, finalmente, eu recebi meu novo visto de estudante! Não sei se vocês lembram, mas enviei a papelada do meu visto em março, no dia do meu aniversário. Verdade que foi uma correria danada, já que meu visto passado estava quase vencendo, mas deu tudo certo e, enfim, posso relaxar um pouco. A parte ruim é que os bonitinhos do Home Office (imigração) não me deram direito de trabalhar, nem mesmo as 20 horas a que, geralmente, estudantes de nível superior tem direito.
O problema, no meu caso, foi que eu deixei para o último momento e a minha carta de aceitação (CAS letter) teve que ser expedida pela própria faculdade onde estou estudando agora e não pela universidade a que ela é vinculada. Daí, como a faculdade é uma instituição privada, eu não tive direito de trabalho.
Pelo que fiquei sabendo, alguns estudantes até obtiveram visto de 20 horas de trabalho, mas a regra geral é que não temos direito. Ao que parece, apenas os alunos que pediram o visto de fora do Reino Unido (ainda no país de origem) conseguiram permissão de trabalho, mas quem estendeu o visto por aqui como eu, só recebeu a autorização para estudar mesmo. Enfim! Uma longa e complicada história.
O fato é que, pra ser sincera, no momento, eu não estou muito preocupada com isso não. Minha prioridade inicial era ganhar tempo pra continuar procurando por emprego e, com sorte, um dia poder aplicar para meu visto de trabalho com base no meu diploma da Kingston University. Isso eu consegui. Agora tenho permissão para ficar até agosto de 2014. A parte chata é que tenho que continuar estudando! Ó céus! Tico e Teco não aguentam mais!! Mas vamos que vamos...
No mais, posso dizer que entre mortos e feridos, salvaram-se todos e eu não precisei largar o namorido pra traz! Resumindo: tô feliz!! 🙂

4 comments

  1. Liza 30 May, 2013 at 04:51 Reply

    Que bom que as coisas estão correndo conforme o planejado, Karine!! Fico feliz por você 🙂

    Beijao e boa sorte no seu caminho.

  2. Karine Porto 30 May, 2013 at 08:47 Reply

    Obrigada Liza!! Agora é ter muita força na peruca pra concluir mais esse curso, quem sabe nesse meio tempo as coisas se encaixem de uma vez!! 🙂 Beijos

  3. Chris 30 May, 2013 at 15:38 Reply

    Ha quanto tempo voce esta aqui como estudante? Vi que mudaram as regras de novo, mas nao tem um periodo que voce tem que ficar por aqui para poder pedir residencia? Namorido eh brasileiro? Uma das coisas que sempre me estressou em morar fora era essa coisa de visto – foi um perrengue danado e custou caro, mas felizmente consegui minha nacionalidade portuguesa.

  4. Karine Porto 30 May, 2013 at 19:08 Reply

    Chris, estou aqui há quase 4 anos, sempre com visto de estudante. Primeiro ingles, depois mestrado e agora MBA! Afff! Parece que antes, desde que você conseguisse mostrar algum tipo de progresso (seja de nível de inglês ou de tipo de curso) podia ir renovando “pra sempre”. Agora a coisa mudou e, até onde eu sei, a nova lei estipula um limite de 5 anos pra ficar aqui como estudante, independente do curso (com exceção de quem for fazer PhD que parece que extrapolar).
    Que sorte a sua de ter conseguido seu passaporte portuga!! Vários anos atrás, eu até andei pesquisando sobre cidadania portuguesa, mas meu bisavô (que ao que parece era filho de português) já morreu e quebrou a linha, sabe?! Minha avó, coitada, nem lembra direito e pra completar, teve um incêndio na casa dela que destruiu muitos documentos que ela guardava. Ou seja, sem chance!
    Quanto ao namorido, ele não é brazuka não, é da Sérvia. 🙂

Leave a reply

Translate »