Visita ao Palácio de Westminster: super vale a pena!

Finalmete visitei o Palácio de Westminster e amei! 

Oi pessoas, estou de volta! Andei meio sumida porque fui para o Brasil ficar com meu pappy que teve um probleminha de saúde (está tudo bem com ele, graças a Deus) e acabei perdendo o ritmo aqui no blog. Mas, já estou de volta a Londres e, assim que voltei a terra da rainha, aproveitei para fazer um programinha que há tempos eu estava querendo fazer e fui fazer uma visita ao Palácio de Westminster e conhecer o parlamento britânico por dentro. E olha, adorei o passeio! 

O lugar é bem bonito e o mais legal de tudo é que a gente aprende um pouquinho tanto sobre a história do Reino Unido, quanto sobre como funciona o sistema político daqui.

Palácio de Westminster

Palácio de Westminster

 

 

O prédio é todo decorado com pinturas lindíssimas e cada compartimento tem uma temática, como por exemplo, guerras e antigos monarcas. Também temos a oportunidade de entrar nos plenários onde acontecem os debates políticos dos parlamentares  comuns e dos lordes, além de aprendermos sobre as cerimônias reais oficiais que acontecem ali.

É um passeio que vale muito a pena fazer e eu super recomendo. Ficou curioso(a)? Então, vou compartilhar umas coisinhas aprendi no meu tour.

 

Curiosidades

Você sabia que o prédio do parlamento do Reino Unido já foi um dos vários palácios da realeza britânica? Pois é! Casa do mundialmente famoso Big Ben, o Palácio de Westminster também já foi uma das residências oficiais da família real e foi bastante utilizado como local de reuniões entre monarcas e seus conselheiros, lá no comecinho do século XI.

O palácio já foi parcialmente destruído por incêndios nada mais nada menos que duas vezes (em 1512 e em 1852) e, pra completar, também foi bastante danificado durante bombardeios da Segunda Guerra Mundial (em 1941). Por isso, não é de se estranhar que pouco se pode encontrar da estrutura original do palácio, mas, obviamente, nada que comprometa o valor histórico do prédio. Construído em 1097, o Westminster Hall é o  a construção mais antiga do Palácio de Westminster e, ao que parece, foi a única parte do prédio que resistiu a tantos infortúnios.

Westminster Hal

Westminster Hal

 Vidraça do Westiminster Hall

Vidraça do Westiminster Hall

Todo ano, o ponto alto da programação do palácio é a abertura oficial dos trabalhos do parlamento – o State Opening of Parliament. Nesse dia, a toda poderosa rainha Elizabeth II vai até Westminster para oficializar a abertura das sessões do parlamento e, simbolicamente, sinalizar sua participação no governo do país. É uma cerimônia toda cheia de pompa, rituais e tradições, incluindo uma procissão da rainha pelo Whitehall (aquela rua que dá acesso ao palácio de Westminster) , salva de tiros no Hyde Park etc.  

Lords vs. Commons

Ainda como parte da cerimônia de abertura do parlamento, achei super interessante a parte em que “a rainha” bate na porta da Commons Chamber, que é onde se reúnem os parlamentares eleitos (aqueles que são gente como a gente) e eles batem a porta na cara da rainha!! Oie?? Como assim? Calma gente! É parte da tradição e nem é exatamente a rainha quem bate na porta dos Commons.

Funciona assim: Primeiro, o mensageiro da rainha vai até a porta da Commons Chamber e eles fecham a porta na cara dele (representando Betinha, no caso). Depois ele bate na porta 3 vezes e, é claro, eles dão permissão para que ele entre e conduza os membros da House of Commons até a Lords Chamber, que é a partephynna’ do parlamento (onde fica o povo “sangue azul” ou aqueles que ganharam o título de nobreza de presente da rainha). É lá que a rainha vai ler seu discurso diante de todo mundo, junto e misturado! 🙂

Pelo que eu entendi, a prática foi adotada quando rolou uma guerra civil por aqui e foi preciso acalmar os ânimos da galera. Daí, toda essa simbologia passou a acontecer para fazer clara separação do poder de interferência que a monarquia pode ter sobre as decisões da House of Commons. Simboliza a autonomia dos Commons.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o parlamento? Ficou afim de saber mais? Então, agende uma visitinha.

Palácio de Westminster

Como fazer o tour pelo Palácio de Westminster?

Para agendar é super fácil, para informações detalhadas sobre os passeios guiados pelo Palácio de Westminster, basta visitar o site do parlamento. As vendas são feitas pelo site ou na bilheteria que fica do lado oposto da entrada Cromwell Green, que é por onde a gente tem acesso ao prédio. O perigo de deixar para comprar na hora é que esses passeios são sempre bastante disputados e você pode não dar a sorte de conseguir para o mesmo dia. Mas se você já estiver de bobeira em Londres, não custa tentar, não é?

O passeios pelo Palácio de Westminster acontecem durante quase todos os sábados do ano. Quem estiver em Londres no período do verão, também poderá agendar passeios durante a semana, entre terça-feira e sexta-feira, sempre entre as 9:15h e 16:30h. (Atenção: não tem passeios aos domingos ou feriados)

Os passeios tem hora marcada e duram um pouco mais de 1 hora. Como era de se esperar, antes de ter acesso ao palácio, a gente passa por um rigoroso controle de segurança, bem parecido com o dos aeroportos. Daí, é realmente necessário chegar por lá com uns 20 minutos de antecedência para não correr o risco de perder a saída do seu grupo.

Não fala inglês, mas fala outra língua além do português? Não tem problema! Eles também oferecem tours em Espanhol, Italiano, Francês, Russo e Alemão. (Por enquanto, ainda não existe a opção em português).

Update 09/08/2015: Segundo comentário do Wedrey (abaixo), já tem sim áudio em português!! Yupiiiii!! Valeu pela atualização Wedrey!!

Palácio de Westminster

As filas dos tours separadas por idioma


8 comments

Leave a reply

Translate »